shape

Garanta seu nome e amplie o conhecimento do seu negócio através de artigos na mídia!

Somos uma agência de notícias corporativas, porém, bastante diferente das outras! Todas as nossas matérias entram como 100% orgânica na mídia!

Um comunicado de imprensa é uma ferramenta de comunicação para a divulgação de informações críticas, que podem ser uma apresentação de uma empresa, um produto, um evento ou qualquer acontecimento de interesse público, lançamento, e é interessante que seja produzido pensando no formato da mensagem.

Para que o conteúdo seja usado na mídia impressa é interessante que ele seja escrito de forma estratégica. Deve ser completo, ou seja, deve conter todas as informações relevantes; além disso, objetivo, sem redundância e com um título que resuma tudo em no máximo duas linhas. Afinal, se não for atraente, o título pode ser a primeira e a última linha que alguém vai ler.

Conheça nossos pacotes

Formas de pagamento: PIX e boleto bancário (validade 1 dia útil após nossa emissão)

Single
mensal
R$ 200,00
Para quem busca economia e possui pequenas demandas
Média de 63 disparos por mês
3 matérias por dia em 10 sites
Publicações com até 10 sites especificados (quando o cliente desejar publicar apenas em sites específicos)
3 sites internacionais por mês
10% de desconto em qualquer produto da Moreira
-/-
-/-
-/-
-/-
Saiba Mais
Classic
mensal
R$ 260,00
O clássico acessível está de volta!
Média de 63 disparos por mês
3 matérias por dia em 20 sites
2 redações GRÁTIS por mês
Publicações com até 10 sites especificados (quando o cliente desejar publicar apenas em sites específicos)
3 sites internacionais por mês
20% de desconto em qualquer produto da Moreira
-/-
Saiba mais
One
mensal
R$ 391,40
Ideal para começar a experimentar o newswire!
Média de 63 disparos por mês
3 matérias por dia em 30 sites
2 redações GRÁTIS por mês
Publicações com até 10 sites especificados (quando o cliente desejar publicar apenas em sites específicos)
3 sites internacionais por mês
30% de desconto em qualquer produto da Moreira
-/-
-/-
Saiba mais
Plus
mensal
R$ 461,40
Suas matérias no ar e sua assessoria organizada!
Média de 63 disparos por mês
3 matérias por dia em 30 sites
6 redações GRÁTIS por mês
10 sites internacionais por mês
Publicações com até 10 sites especificados (quando o cliente desejar publicar apenas em sites específicos)
40% de desconto em qualquer produto da Moreira
Saiba mais
Power
mensal
R$ 480,00
Faça assessoria diferenciada!
Média de 63 disparos por mês
3 matérias por dia em 30 sites
10 redações GRÁTIS por mês
15 sites internacionais por mês
Publicações com até 10 sites especificados (quando o cliente desejar publicar apenas em sites específicos)
50% de desconto em qualquer produto da Moreira
Saiba mais
Prime
mensal
R$ 500,00
O plano COMPLETO para garantir seu sucesso!
Média de 100 disparos por mês
5 matérias por dia em 30 sites
20 redações GRÁTIS por mês
25 sites internacionais por mês
Publicações com até 10 sites especificados (quando o cliente desejar publicar apenas em sites específicos)
60% de desconto em qualquer produto da Moreira
Saiba mais

*Nenhuma das distribuições diárias são acumulativas. Você literalmente tem 3 disparos para fazer por dia.

Principais erros ao escrever um texto para publicação

Falta de Informação: O release deve ser completo e conter todas as informações sobre o assunto. Para ajudá-lo a pensar em tudo no seu texto, faça uma lista de verificação antes de escrevê-lo. Inclua tudo o que é importante comunicar e, assim que o comunicado estiver pronto, revise-o em busca de informações ausentes.

Outra técnica muito utilizada na redação jornalística que pode te ajudar é responder a 5 perguntas: “Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?”. Se sua mensagem responde claramente a todas essas perguntas, ela é completa e objetiva. Portanto, antes de começar a escrever, responda a cada uma delas; será mais fácil escrever sua notícia.

Título vazio: A função de um título é resumir tudo em seu release em uma linha. Deve ser atraente, porque os jornalistas recebem dezenas de estímulos todos os dias e é preciso chamar a atenção. Insira números quando eles importam. Não perca a oportunidade de incluir dados e estatísticas em seu título, se eles forem o foco de suas notícias. Quanto mais informações você puder incluir no título, mais assertiva será sua comunicação. Afinal, o leitor não precisa ler tudo para saber do que se trata o texto.

É importante estar atento para despertar o interesse de quem o recebe, sem recorrer a bordões ou fatores subjetivos. O perigo reside precisamente neste “apelo”. Títulos com muitos adjetivos (incríveis, maravilhosos, imperdíveis, perfeitos etc.) não insinuam algo, mas o confirmam sem abrir espaço para nenhuma outra perspectiva. Se o assunto em pauta for realmente relevante, não será preciso encher o depoimento – cujo aspecto primordial é a objetividade – com noções preconcebidas.

Falta de imagens: Se você deseja enriquecer sua publicação, é essencial que você tenha fotos junto com as informações. Se não houver imagens disponíveis, isso não exclui completamente a possibilidade de publicação, mas lembre-se de que elas aumentam a chance de seu lançamento ser bem compreendido. Além disso, otimiza o tempo do jornalista, que não precisará procurar fotos e/ou imagens para ilustrar a notícia.

Então anexe fotos sempre que puder, os jornalistas adoram porque economiza tempo. E se estiver falando de um produto, vale entregar seu release com uma amostra do que está falando. O documento ficará mais completo. Lembre-se do ditado: uma imagem vale mais que mil palavras.

Conteúdo publicitário: As pessoas que receberão seu comunicado estão esperando conteúdo relevante que possam passar adiante e informar outras pessoas. Publicidade é a última coisa que eles desejam em suas caixas de e-mail. Afinal, o e-mail da redação é diferente do comercial.

Não destrua seu relacionamento com o jornalista, pois suas mensagens futuras podem ir direto para a lixeira ou caixa de spam e a chance de conseguir emplacar suas pautas acabam sendo praticamente nulas.

Primeiro parágrafo vazio: Depois do título, o elemento que mais prepara o leitor para o que está por vir é o primeiro parágrafo, o “abridor”. Seu tom pode variar de acordo com o setor a que se dirige, o tipo de público que pretende atingir e a linha editorial dos portais em que pretende publicar. O problema é na hora de analisar qual será a melhor forma de apresentá-lo.

Deixar de responder a perguntas básicas como as aplicadas (Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?) ou não contextualizar as informações a serem veiculadas pode prejudicar o conteúdo desde o início. Imagine começar uma leitura onde as 4 primeiras frases são apenas uma repetição do título e não revelam os pontos que o texto pretende passar? O primeiro parágrafo é como um “resumo” que define as pistas narrativas e direciona a atenção do leitor para que a estrutura e construção do parágrafo utilizadas façam sentido.

Enrolação: Um pecado gravíssimo na hora de escrever um release é a falta de objetividade. Use sempre sentenças curtas e nada de repetir raciocínios com outras palavras. É preciso partir do pressuposto que a pessoa que lerá seu release não tem tempo para gastar com textos longos e desnecessários.

Quanto mais objetivo você for, mais chances tem de lerem seu texto. Então, quando sua notícia estiver pronta, leia de novo e corte palavras. Com certeza há algumas que não precisam estar ali. Não tenha medo de enxugar sua notícia caso perceba que está com informações desnecessárias.

Falar direto com o leitor: “Caro jornalista”, “Conto com a sua participação”. Se um jornalista recebeu seu release, ele sabe que foi endereçado a ele porque foi um release, sem a necessidade de pedidos, entrevistas ou discursos aleatórios.

As publicações devem ter como foco a comunicação e a informação, com linguagem clara, direta e com dados suficientes para que o jornalista entenda quem é, o que está acontecendo, quando vai acontecer, onde e por que será feito. É importante ressaltar que o release deve ser escrito como notícia.